26 março 2013

Resenha - Marcada



Zoey acabou de ser marcada como vampira, e tudo o que quer agora é ter o apoio da mãe – já que nem sempre os novatos sobrevivem à transformação. Mas nem tudo são flores na sua casa, já que sua mãe é casada com um otário que acredita que os vampiros são “satânicos”. ← Se é que posso chamar assim.
Procurando o conforto de alguém que realmente a entenda, ela vai à casa da sua avó – a única pessoa no mundo que crê nela.

Ok, me deixa adiantar algumas coisas. Chegando lá Zoey cai, bate a cabeça em uma pedra e tem uma visão da Deusa Nyx – grande Deusa vampira. Na visão a deusa lhe toca e lhe conforta com palavras doces, como uma verdadeira mãe.

“Você é mais velha que sua idade, Zoey Passarinha. Acredite em si mesma e encontrará o caminho.”
Pág. 51

Depois de acordar da sua breve ‘visão’, Zoey se encontra na Morada da Noite, – lugar onde os jovens marcados terão que viver durante 4 (quatro) anos, até completarem a transformação.
Enfim, chegando a Morada da Noite um mundo novo se abre. Lá, Zoey conhece Neferet, a grande sacerdotisa que agora é sua mentora. Ela passa confiança e respeito, e entende logo de imediato que Zoey é muito especial, já que a Lua crescente da sua marca está completa, e isso não é normal para uma novata.

“Meu desejo secreto é me adaptar... e ter finalmente encontrado um lar que ninguém poderá tirar de mim.”

Quando comecei a ler Marcada eu fiquei bem confusa. Claro, por que não é todo dia que você ler um livro onde que para ser vampiro tem que ter uma marca na testa. Bom, não estou criticando – só para deixar bem claro. Estou apenas comentando. E é pelo fato de ser um livro diferente que resolvi o ler.
Em minha opinião, acho que as autoras conseguiram inovar sabe? Já estava ficando besta essa coisa toda de vampiros sedentários de sangue. 

Vi várias resenhas falando mal tanto do livro quanto das autoras, e acho isso uma falta de respeito. Tudo bem que cada um acha uma coisa, mas dizer que o livro é uma merda e que as autoras não tinham o que fazer, já é de mais.
E para acabar essa resenha...

O livro é bom sim, e só por que algumas pessoas não gostaram não quer dizer que você também não vai gostar.

Beijinhos, Alícia.

9 comentários:

  1. Eu gostei muito dos primeiros livros. Eles realmente são muito bons, a autora inova completamente o mito sobre os vampiros. O problema, acredito eu, é que elas exageraram na sequencia. Quando você ler os próximos livros, vai descobrir. Só para você ter uma ideia: a Aphrodite se tornou uma das minhas personagens preferidas e a Zooey me dá raiva (ela é a maior galinha e tem o maior exército de cornos do mundo). Enfim, os três primeiros livros são ótimos - eu li um seguido do outro muito rápido, porque eram muito bons. Depois, não sei... As autoras realmente perderam a linha - e acho que é por isso que as pessoas falam tão mal desse livro.
    Beijinhos
    http://deia-galvao.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sim. A Zoey também está me dando raiva. Já vou começar o terceiro livro e tipo, ELA NÃO SE DECIDE COM QUEM QUER FICAAAAR. A Aphrodite também está virando a minha personagem favorita -acho ela engraçada #VaiEntender...

      Enfim, acho que mesmo se eu não gostasse do livro não iria sair por ai falando tão mal (você já leu as resenhas desse livro no skoob? São um horror).

      Obrigada pelo comentário Andrea.
      Beijinhos.

      Excluir
  2. Ainda não li nada dessa serie, ela é enorme né!!!????
    Parabéns pla resenha viu!!!???? Acabei de conhecer seu blog, gostei e já estou seguindo!!!

    Te espero no meu Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, ela é enorme Aline. Se não me engano são 10 livros (contando com Escondida).
      Obrigada pelo carinho. E é claro que vou visitar o seu blog também. (:

      Beijinhos.

      Excluir
  3. Olá, tudo bem. Meu nome é Ulisses Sebrian e sou escritor. Vim te apresentar os meus livros. Estão disponíveis para ler nesse link. http://migre.me/dUvmP
    Ou se preferir entre em meu blog e na barra lateral tem as capas dos livros basta dar um clique na foto e ler. http://truquedevida.blogspot.com.br/ Obrigado e muito sucesso e felicidades para você.

    ResponderExcluir
  4. Olá! o/
    Estou aqui para divulgar o 1º Sorteio do blog Café com Leituras!
    Confira as regras lá no blog.
    Participe e boa sorte! Beijos!
    Café com Leituras!
    http://cafecomleiturasneriana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Alícia! Sou APAIXONADA pela série House of Night, e já estou indo para o décimo livro! Acho que isso das autoras criarem vampiros que antes de se tornarem vampiros, são marcados, foi uma sacada genial. Super inovadora mesmo, e não vejo argumentos em quem critica, ATÉ PORQUE, vampiros não existem, então você pode criar o seu da maneira que quiser, não existe um padrão estabelecido pra isso.
    Tomara que você também goste dos próximos livros! Te garanto uma coisa: só melhora! Hahahhaa


    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  6. Eu quero muito ler essa série. Estou começando a ler mais essas coisas sobre, fantasmas, vampiros...e afins. E esse é um livro que está na minha lista!
    Beiiijos e parabéns pela resenha...
    até mais
    naylanaomi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. eu comecei essa série acho que na era dos vampiros sabe... kkk quando estava lançando tuudo de vampiros e eu gostei também, é meio estranho a lua, maaas é interessante. Zoey pode ser uma vaca algumas vezes e voce tem vontade de bater nela durante algum tempo... e isso passa e volta... kkkkkk
    O livro no início só foi muito aquilo "oh... eu fui marcada" e ela repete isso taantaas vezes, mas o final do livro eu gosto... =)

    ResponderExcluir